Início     Contas e Cartões     Investimentos     Créditos     Seguros     
 
FAQ's Fundos de Investimento 
Perguntas mais frequentes
  • O que é um fundo de investimento?
  • Em que moeda são denominados os fundos?
  • Quem gere os Fundos de Investimento?
  • A quem se destina?
  • Qual a periodicidade com que são actualizadas as cotações e as rendibilidades no Site?
  • Quais são os activos em que investem os Fundos de Investimento?
  • Quais são as funções da Sociedade Gestora?
  • Quais são as funções do Banco Depositário?
  • Quais são as funções do Banco de Portugal e da C.M.V.M?
  • Quais são as publicações das Sociedades Gestoras?
  • O que são consultores de investimento (advisors)?
  • O que é uma Unidade de Participação?
  • Como se calcula o valor de uma Unidade de Participação (UP)?
O que é um fundo de investimento?
Um Fundo de Investimento é um património que resulta da agregação e aplicação de poupanças de investidores (entidades individuais ou colectivas), em mercados de valores (primários e/ou secundários). Um Fundo de Investimento tem obrigatoriamente um Regulamento de Gestão (que deve ser lido antes da aquisição do fundo), onde são estabelecidas regras, direitos e deveres que competem a cada um dos intervenientes no processo.

Em que moeda são denominados os fundos?
Os fundos constituidos em Portugal são, regra geral, denominados em Euros, sendo, no entanto, também normal a existência de fundos denominados em Dólares. Não existe uma obrigatoriedade para que os fundos tenham de ser cotados numa desta duas moedas.

Quem gere os Fundos de Investimento?
A gestão dos fundos de investimento é realizada por uma entidade gestora, denominada Sociedade Gestora de Fundos de Investimento - S.G.F.I., em contrapartida de uma comissão de gestão, e compreende a administração, em representação dos participantes, de um ou mais fundos de investimento, onde se inclui a definição da política de investimento e a selecção de activos que devem fazer parte de cada fundo.

A quem se destina?
Para quem pretende uma aplicação nos mercados monetários, de obrigações, de acções ou investimentos alternativos, mas que pretende que a mesma seja gerida pelas melhores sociedades gestoras mundiais. No Deutsche Bank AG - Sucursal em Portugal dispomos de uma vasta oferta de fundos internacionais, a curto e longo prazo, e de taxa fixa, variável ou mista. O nosso Cliente pode escolher a combinação que melhor se ajuste às suas necessidades.

Qual a periodicidade com que são actualizadas as rendibilidades no Site?
As cotações e as rendibilidades dos fundos são actualizadas diariamente.

Quais são os activos em que investem os Fundos de Investimento?
Os Fundos investem em activos financeiros, de acordo com o objectivo e política de investimento definida no seu Prospecto. Podem investir nos seguintes valores mobiliários:
- Depósitos à Ordem;
- Depósitos a Prazo;
- Certificados de Depósito;
- Bilhetes do Tesouro;
- Papel Comercial;
- Obrigações; - Acções;
- Títulos de Participação;
- Unidades de Participação de Outros Fundos;
- Instrumentos Derivados (FRA´s, Futuros e Swaps).

Quais são as funções da Sociedade Gestora?
A Sociedade Gestora tem as seguintes funções:

- Seleccionar os valores em que o Fundo deve investir, de acordo com a política de investimento prevista no seu prospecto, e efectuar ou dar instruções ao depositário para que este efectue as operações adequadas à execução dessa política;
- Adquirir e alienar quaisquer valores e exercer os direitos directa ou indirectamente relacionados com os bens do Fundo;
- Emitir, em ligação com o depositário, as unidades de participação e autorizar o seu resgate e subscrição;
- Determinar o valor das unidades de participação;
- Manter em ordem a escrita dos Fundos;
- Dar cumprimento aos deveres de informação estabelecidos por lei ou pelos Prospectos do Fundo.

Quais são as funções do Banco Depositário?
O Banco Depositário tem as seguintes funções:
- Receber em depósito ou inscrever em registo os valores do Fundo, consoante sejam titulados ou escriturais;
- Efectuar todas as operações de compra ou venda pelos Fundos de que a Sociedade Gestora o incumba bem como as operações de cobrança de juros, dividendos e outros rendimentos e ainda as operações decorrentes do exercício de outros direitos de natureza patrimonial relativos aos valores em carteira;
- Receber e satisfazer os pedidos de subscrição e de resgate de unidades de participação;
- Pagar aos participantes a sua quota-parte nos lucros do Fundo;
- Ter em dia a relação cronológica das operações realizadas e estabelecer mensalmente o inventário discriminado dos valores à sua guarda;
- Assumir uma função de vigilância e garantir perante os participantes o cumprimento dos Prospectos dos Fundos, nomeadamente no que se refere à política de investimento;
- Assegurar que a emissão o resgate ou a anulação das unidades de participação, sejam efectuados de acordo com a lei e com o prospecto do Fundo;
- Executar as instruções da Sociedade Gestora, desde que conformes à lei e ao prospecto do Fundo;
- Assegurar que nas operações relativas aos valores que integram o Fundo a contrapartida lhe seja entregue nos prazos conformes à prática do mercado;
- Assegurar que os rendimentos dos Fundos sejam aplicados em conformidade com a lei e com o prospecto do Fundo.

Quais são as funções do Banco de Portugal e da C.M.V.M?
As funções do Banco de Portugal são Supervisionar a Sociedade Gestora, e as da CMVM são supervisionar os Fundos de Investimento Mobiliário.

Quais são as publicações das Sociedades Gestoras?
A Sociedade Gestora tem a obrigação de divulgar:
- O valor da Unidade de Participação (UP). A Sociedade Gestora publica o valor da UP, do dia anterior àquele em que tiver sido apurado; no boletim de cotações da bolsa de valores de Lisboa.
- A composição discriminada das aplicações dos Fundos, o respectivo valor líquido global e o número de UP´s em circulação. Estes elementos são mensalmente publicados no boletim de cotações da bolsa de valores de Lisboa, com referência ao último dia do mês imediatamente anterior.
- O relatório de gestão, o balanço, a demonstração de resultados e a demonstração de fluxos monetários dos Fundos, respeitantes ao fecho das contas a 31 de Dezembro, acompanhados do parecer da entidade fiscalizadora do Fundo.
- As contas semestrais. A Sociedade Gestora publica um aviso, até ao final de Julho, informando que as contas semestrais se encontram à disposição do público.

O que são consultores de investimento (advisors)?
Os consultores de investimento (advisors) são entidades independentes que pela sua dimensão, experiência e competência prestam serviços de assessoria na gestão dos Fundos.

O que é uma Unidade de Participação?
A unidade de participação (UP) corresponde à unidade divisória do património do Fundo. A unidade de participação é variável em função do tipo de activos em que o Fundo investe, podendo o seu valor aumentar ou diminuir a cada momento.

Como se calcula o valor de uma Unidade de Participação (UP)?
A UP é calculada diariamente, pela Sociedade Gestora, da seguinte forma:
UP = Valor Global Líquido do Fundo / Nº UP's em circulação O Valor Global Líquido do Fundo é calculado valorizando todos os activos que compõem a sua carteira da seguinte forma:
- Os activos cotados serão valorizados ao preço de bolsa do próprio dia,
- A contagem dos juros é efectuada até ao dia correspondente à valorização. O Valor da UP é relevante para determinar:
- O montante de Subscrição
- O montante de Resgate
- O valor que cada Cliente tem investido, em cada momento no Fundo, e que é calculado da seguinte forma: (Número de UP's x Valor Unitário da UP) O valor da UP é líquido de impostos e de comissão de Gestão e Depositário.
Navigation
Contacte-nos
Call Center 808 22 11 21 (Nacional)
Internacional +351 213 111 228

Copyright © Deutsche Bank AGImprint   |  Aviso legal   |  Última Actualização: 13 Novembro 2015 Tamanho do texto:
/**/ /**/